domingo, 29 de abril de 2012

cara-de-pau!



SEJA UM CARA-DE-PAU...

Uma das grandes dificuldades dos intercambiários é fazer AMIGOS, mais precisamente AMIGOS NATIVOS.
O que a gente vê é  intercambiários se juntando a intercambiários, sejam estes do mesmo país, sejam de outros países.
Não que você não possa fazer amizade com intercambiários, lógico que pode e deve, afinal eles estão na mesma situação que você e podem lhe dar dicas valiosas. Mas vamos ser honestos aqui um com o outro? É o amigo mais fácil de fazer, né não? É o que dá menos trabalho... facinho... facinho...O intercambiário de outro país é tão estrangeiro quanto você, vai saber compreender quando você sentir falta de coisas e pessoas e saudade e mais um tantão de coisas... olha que máximo! Sim, você também foi para um intercâmbio para conhecer novas pessoas, mas acima de tudo, conhecer os hábitos e costumes locais e isso só virá com os amigos nativos.

A maioria dos países aonde todo mundo vai para fazer um intercâmbio é um país rota do mundo, cobiçadíssimo, a exemplo de Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Alemanha, Austrália, Nova Zelândia... todo mundo vai para esses lugares. O que não falta é intercambiário nesses lugares. Se você quer ser mais um, sem fazer história, sem marcar a vida daquele lugar e daquelas pessoas, sem se tornar importante, sem marcar sua trajetória por lá, faça isso mesmo: vai pra lá e se junte aos outros intercambiários.

Procura pra mim, alguém que foi pra Zâmbia. Achou? Não né?!... você até foi no Google pra ver alguma coisa sobre Zâmbia agora...descobriu até aonde fica. Bem, se você fosse pra Zâmbia, com certeza, não teria “panelinha” de intercambiário pra você se juntar. E com toda certeza do mundo, você seria o centro das atenções lá na cidade lá na Zâmbia, todo mundo ia querer ser o seu amigo. Mas você não está indo pra Zâmbia, não é mesmo?

Mas você pode se tornar importante na vida das pessoas, marcar uma trajetória, fazer amigos para a vida toda, tudo isso que faz a diferença ... mesmo indo para os lugares mais cobiçados do planeta no quesito intercâmbio.
Como?Fazendo um monte de amigos lá, os NATIVOS.
Como? Sendo um cara-de-pau...
O que é ser cara-de-pau? Como se aplica isso no dia-a-dia.? É simples. Mas isso é assunto para outro capítulo.

"Me senti tão querida, tão amada por pessoas que eu só conheco há um ano!! Foi sem sombra de dúvidas: O MELHOR ANO DE TODA A MINHA VIDA. E tudo o que eu vivi, vi, fiz e aprendi aqui, eu vou carregar comigo para o resto da minha vida. Foi como você escreveu, Nina, esse é que é o melhor momento de um intercâmbio: quando você vai embora e descobre o quanto se tornou importante para as pessoas e o quanto mudou a vida delas!! Você tem a certeza de que vai, mas que está deixando pegadas de amor e de alegria no coração de muito gente...(do diário de um intercambiário na Alemanha – K)

Um comentário:

Obrigada pelos seus comentários e considerações. Entraremos em contato em breve.