quinta-feira, 17 de maio de 2012

A ADAPTAÇÃO




Nossa!
Chegou o dia do embarque, e agora?
Você embarcou, chegou lá, desembarcou e agora...?

O teu intercâmbio começou.

Você vai ter problemas, vai enfrentar dificuldades?
Sim, lógico que vai.
Quando?
Todos os dias
Quais problemas e dificuldades?
Todos: os que você imagina e os que nem lhe passavam pela cabeça.
Por que?
Vou te explicar...

Você tinha uma vida arrumadinha aqui. E de repente, você resolveu inventar esse tal de intercâmbio.
Pois é...
Então, veja bem, está saindo de cena, estamos tirando tudo da sua vida arrumadinha:
- os seus amigos;
- o seu cachorro, o seu gato;
- o seu quarto e suas coisas;
- a sua escola;
- a sua família;
- o(a) seu(sua) namorado(a);
- a língua que você fala;
- os lugares que você frequenta;
- a comida que você come;


E então você desembarcou em outro país e a sua vida virou do avesso:
- eles falam outra língua;
- eles comem outra comida;
- eles pensam diferente (até senso de humor é diferente);
- a sua família passou a ser outra;
- a partir de agora, você tem outro cachorro e o bicho não foi com a sua cara. E você vai ter que conquistar esse cachorro, mas ele só entende a língua daquele país. Então, meu amigo, até o cachorro você vai ter que conquistar, até com o cachorro você vai ter que falar na língua do país do intercâmbio;
- a escola é outra; (se você estiver num programa ao estilo educacional, como high school, por exemplo);
- você não tem amigo nenhum e se quiser ter amigos, vai ter que fazer novos amigos e a gente já discutiu aqui as “táticas de guerra” pra isso;
- dependendo do país, o clima é outro, o fuso é outro e por conta de fatores como gravidade, a água gira ao contrário;
- não importa se você era importante aqui no Brasil, talvez filho de alguém importante, se você é influente, quem você é aqui no Brasil, nem quanto dinheiro você tem/tinha, nem qual sobrenome você herdou... lá você será somente um estrangeiro, ou digamos um sul americano. A única coisa que conta de agora em diante é VOCÊ, sua pessoa!

- a única coisa que vai com você é aquilo que você aprendeu a vida toda como valores: caráter, dignidade, responsabilidade, honestidade, ou seja, são os seus pilares de sustentação. É só isso que você levou. Ou melhor, agora é só isso que conta.

Ah! E você achou que viraria estrela e não virou?  Quanta atenção você acha que receberá?

Entenda que a forma como vai lidar com tudo isso é que vai fazer toda a diferença. 
Juntamos culturas diferentes e problemas são inevitáveis. 
Ter conflitos faz parte do intercâmbio. A capacidade de resolver esse conflito é que faz toda a diferença.

No próximo “capítulo” vamos falar das fases do programa  e OS PEQUENOS E GRANDES PROBLEMAS.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelos seus comentários e considerações. Entraremos em contato em breve.