quarta-feira, 1 de agosto de 2012

FAMÍLIA HOSPEDEIRA/HOST FAMILY – parte 1


A família hospedeira é sempre “o item” que causa a maior expectativa. E dependendo do tipo de intercâmbio, do país, vamos ter diferentes tipos de família hospedeira:



FAMÍLIA VOLUNTÁRIA

- as famílias são voluntárias e não recebem nenhum incentivo pela hospedagem à muitos programas de high school ainda tem isso como característica forte ou como principal característica;

- esta família precisa ser selecionada e orientada por uma organização internacional acredita por órgãos do governo daquele país, ou seja, o intercâmbio precisa ser feito através de uma organização com autorização para colocação nesse tipo de acomodação – volunteer host family;

- como as famílias são voluntárias, o estudante não escolhe cidade, estado, família, etc, ou não escolhe o lugar para aonde vai; o direito de escolha é da família; o estudante é “escolhido”

- as vagas para intercâmbio com este tipo de família são limitadíssimas.




FAMÍLIA QUE RECEBE AJUDA DE CUSTO PELA ACOMODAÇÃO

- as famílias hospedeiras recebem ajuda de custo pela hospedagem;

- esta ajuda financeira não é fonte de renda da família hospedeira e sim uma forma de custear os gastos com o estudante. Na opinião destas famílias, elas conseguem dar uma situação melhor para o estudante por conta desta ajuda de custo.

- são famílias que tem interesse nas culturas do mundo todo e gostam de casa cheia, de conhecimento e estão dispostas a compartilhar da intimidade de seu lar, seu modo de vida com o estudante de intercâmbio.



FAMÍLIA REMUNERADA

- são famílias que recebem remuneração por hospedar estudante

- normalmente hospedam dois ou mais estudantes ao mesmo tempo

- geralmente não tem como objetivo saber a cultura do estudante, podem até ter o interesse na cultura “alheia”, mas não é exatamente esse o objetivo, também não pretendem nem abrir sua intimidade, nem envolver o estudante em suas atividades de dia a dia, apenas se preocupam em proporcionar uma boa acomodação durante o período de estudos.

- algumas famílias vivem deste tipo de atividade e encaram isso como uma prestação de serviços.


Independente de receberem algum incentivo ou não, essas famílias nunca foram obrigadas a abrirem as portas de suas casas para estes estudantes, mas sim, são famílias que, em sua maioria fazem parte de um sistema de voluntariado, apoiando os princípios de solidariedade, irmandade e paz entre as nações. E por esta razão também, os intercambiários devem mostrar respeito para com sua família hospedeira, seguindo as regras e mostrar-se prestativo


E essa nossa conversa está só começando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelos seus comentários e considerações. Entraremos em contato em breve.