sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Qual situação você prefere?


Quando um estrangeiro chega no Brasil, principalmente se ele vai para uma cidade de interior, este estrangeiro vira uma espécie de atração da cidade. Existe uma curiosidade. E todo mundo quer mostrar alguma coisa para o novo estrangeiro. Esta hospitalidade é do brasileiro.
O brasileiro, ao receber o estrangeiro, oferece o melhor quarto da casa, faz o melhor prato para a refeição, prepara a casa porque para o brasileiro este estrangeiro é apenas um hóspede temporário e esta é uma situação transitória.

No entanto, o brasileiro quando chega no exterior, geralmente não tem nada disso. Dificilmente alguém muda alguma coisa na casa porque o brasileiro chegou.

E então, você escuta frases assim:
"_ Poxa vida, quando recebemos um estrangeiro aqui, fazemos de tudo pra ele. Se um estrangeiro chega na minha casa, eu vou tentar proporcionar tudo o que eu tenho de melhor pra ele."
" - e eles não são assim né... veja você que a mãe de lá chamou a atenção da minha filha porque disse que ela estava comendo demais. "

Existe uma sutil diferença. Como eu disse lá em cima
- para o brasileiro que hospeda um estrangeiro -->  este estrangeiro é apenas um hóspede temporário e esta é uma situação transitória. Ou seja, vai exigir um esforço a mais agora, mas uma hora acaba.
- enquanto que o hospedeiro estrangeiro lá fora, recebe nosso brasileirinho assim: é aqui que eu moro, é assim que eu vivo, esta é minha casa, minha vida, minha família. A partir de agora, você integralizará tudo isso. Então, se encaixe. Você não é um hospede. A diferença é que não se imaginou um fim.

Entendeu isso?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelos seus comentários e considerações. Entraremos em contato em breve.