domingo, 4 de novembro de 2012

Parte 5 - Revalidação dos estudos: mais um bando de dúvidas




III) E se escola aqui no Brasil for sistema trimestral, como resolve?
Não importa se sua escola, no Brasil, é trimestral, ou seja lá o tipo de avaliação que adote, o importante é que a escola avalie  o estudante até o dia que cursou a escola e faça isso constar do seu histórico escolar.
Quando você embarca para um intercâmbio, você deve raciocinar como alguém que está de mudança: imagina a seguinte situação--> o seu pai foi transferido para trabalhar em outro país por um longo tempo e está levando toda a família com ele. E numa dessas, você precisa ser transferido(a) da escola daqui pra escola de lá.
É a mesma situação no intercâmbio. A diferença é que sua família natural fica no Brasil.
E aqui fica evidenciado a importância de você frequentar a escola no Brasil até o seu embarque, que foi o que discutimos na última postagem.


     IV) E se eu estiver indo para o Canadá (escola pública) ...  ouvi dizer que no Canadá somente é possível escolher 4 disciplinas? Como faço pra revalidar se preciso de 6 disciplinas segundo a nossa lei? 
    Na verdade, nas escolas canadenses que são do sistema semestral, o aluno escolherá 4 matérias. Nas escolas canadenses que são do sistema anual, o estudante consegue escolher 8 matérias. Para o pessoal de semestre entender: a escola coloca no boletim somente 4 matérias. O que acontece:  os alunos tem aulas das mesmas matérias todos os dias, e as aulas tem duração de 1h50min em média. Estas aulas iniciam-se por volta de 8h da manhã e se estendem até 15:30-16:00h. Baseado nisso, no calendário escolar, somente é possível encaixar 4 disciplinas. 
     A forma como os brasileiros resolvem isso? conversando. Explicando pra escola que no Brasil, a lei exige um mínimo de 5-6 matérias consideradas de núcleo comum e que você deve encaixar mais 2 matérias. Então, os estudantes que embarcam para o Canadá se concentram em escolher uma em cada área, como por exemplo: francês (comunicação e expressão), geografia (estudos sociais), geometria (exatas) e ciências (da área de biológicas). E as outras disciplinas como esportes, dança, teatro, banda de música da escola, o estudante consegue encaixar no horário extra e é possível fazer constar como disciplina cursada.
     No boletim escolar, provavelmente, somente aparecerão as 4 matérias que se assistiu em sala de aula. Então, o aluno de intercâmbio brasileiro deve pedir uma declaração a escola, e nesta declaração deve constar que durante o período de X a Y, o estudante tal, praticou tal esporte, participou de tal peça de teatro e assim por diante.
     E na hora de mandar os papéis para o Consulado Brasileiro para fins de autenticação, o estudante de intercâmbio deverá mandar o boletim e as declarações para que todos os documentos sejam válidos..

    IV) Que série eu vou cursar no exterior?
    Não tem uma regra sobre isso, mesmo porque as séries do Brasil não batem com as séries do exterior. E isto não te impedirá e nem atrapalhará para fins de revalidar os estudos no Brasil.
    Digo isso porque em alguns países temos apenas 2 anos de ensino médio e em outros países temos 8 anos de ensino médio. Logo, fica praticamente impossível saber que série você deve cursar no exterior e isso é um assunto que deve ser definido pela escola estrangeira. Você deve deixar a decisão da série para a escola que está lhe recebendo.
     A escola estrangeira, normalmente, se baseia em alguns fatores para decidir em que série vai matricular o estudante de intercâmbio.
     Esses fatores são:
     - as notas que o estudante de intercâmbio conseguia em sua língua nativa. 
     - quantos anos de ensino médio já tinha cursado no Brasil e quantos faltaria pra cursar ainda
     - a idade do intercambiário
     - a habilidade em se comunicar na língua do país de destino
     - e alguns países, como Itália, por exemplo, considera aptidão e interesses do estudante também.
    Lembrando que você não precisa trazer um diploma dos estudos realizados no exterior. Basta apenas um documento aonde conste as disciplinas que você cursou, de quando a quando, suas notas, documento este em papel oficial da escola e assinado por autoridades da escola. O estudante deve ter cursado as matérias obrigatórias e ter frequência às aulas. A série cursada ou o diploma não importam para fins de revalidação de tempo de estudo.

Continuo mais tarde com mais respostas....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelos seus comentários e considerações. Entraremos em contato em breve.