quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Seguro saúde, precisa? Por que?

Sim, precisa!
Sempre, pra qualquer destino, para qualquer tipo de viagem.
A maioria dos seguros de viagem e seguros saúde tem preços acessíveis e são essenciais.
Sempre que for fazer qualquer viagem ao exterior, seja qual for sua idade ou destino, adquira um seguro-saúde antes de deixar o país de origem.
O seguro deve cobrir do dia do embarque até o dia em que você desembarca.




Obviamente que a melhor parte é fazer seguro e não precisar usar.
Mas se precisar usar, tem que ser um  seguro que funcione.
Se precisa de uma sugestão de companhia, segue link abaixo de uma que eu confio muito:

While you travel overseas you should make sure to be covered for medical expenses and emergency medical evacuation arising from accident or acute illness. Usually, your domestic coverage will not be sufficient. Travel insurance will avoid extensive costs during your stay abroad.
Our partner insurance provider offers travel insurance at affordable rates. All insurance plans are flexible and have unlimited medical coverage. Their outstanding service is adapted to the needs of international students and internship participants through their multi-lingual website, insurance documents as well as 24-hour number.
No matter where you come from, you can purchase your policy directly online and receive your insurance confirmation immediately by e-mail.
For further information and online enrolment, please click on the banner below and purchase your insurance with only 4 steps. To process your application:
Para adquirir o seu seguro, clique no link abaixo:




Você precisa saber que:
- um seguro-saúde não cobrirá doenças pré-existentes; senão seria muito fácil... qualquer pessoa doente, ou com doenças graves,  faria um seguro-saúde baratinho e embarcaria para se tratar em outro país;
- é importante checar se o seguro-saúde que está fazendo para a sua viagem é bem aceito no país de seu destino;
- um seguro-saúde serve para emergências somente;
- a maioria dos seguros-saúde não cobrem esportes radicais ou atividades de risco. Para isso, você deverá fazer um seguro adicional;
- o item mais importante de um seguro-saúde é quanto cobre para hospitais, internação, medicamentos, cirurgias... cobrir sua mala é importante, mas nem tanto;
- em alguns países, como por exemplo, os Estados Unidos, tudo relacionado a medicina é muito caro. Portanto, se estiver indo para aquele país, faça um seguro saúde com uma boa cobertura;
- alguns programas de intercâmbios ou viagens já tem um seguro-saúde embutido por conta de conveniência ou exigências: por exemplo, para estudar na Austrália, o estudante tem que adquirir o seguro do governo do Austrália.Se este seguro não for adquirido juntamente com o pacote, o visto de estudante não sai.
Outro exemplo: o programa de high school e de au pair, devido ao tempo extenso do programa e por suas particularidades, tem seguro embutido normalmente, e seguem regras internacionais específicas.



Existem duas formas básicas de se usar o seguro-saúde:
1- o segurado entra em contato com a central de seguros no país aonde está e pede informações sobre a rede credenciada, aonde pode ir. Alguns seguros colocam, inclusive tradutores para falar com os clientes segurados. Quando o segurado usa desta opção, tudo fica mais fácil. Quando o segurado chega ao hospital, clínica, ou médico para ser atendido no lugar indicado pelo seguro, este estabelecimento entra em contato com o seguro e pede autorização pra atender o segurado. O segurado é atendido, normalmente sem ter que dispor de dinheiro ou pagamento.
2- o segurado se dirige a um profissional de confiança faz o procedimento de atendimento, efetua pagamento, pede recibos e relatórios médicos e em seguida, pede reembolso ao seguro sobre o pagamento efetuado. Vamos supor que você está num programa de high school e precise ir ao dentista porque está com dor de dentes. O seu dente do ciso resolveu nascer no intercâmbio e precisará ser extraído. Você vai ao dentista de confiança da família hospedeira e este não aceita o seguro saúde. Você deve pagar o curativo no dente e pedir recibo e relatório. Depois disso, deverá encaminhar ao seguro para reembolso.
Quando for utilizar esta opção, sempre faça cópia dos papéis antes de postar para a seguradora. Certifique-se de que colocou um endereço de retorno e que escreveu de forma legível.
Se passou algum tempo e você não recebeu reembolso do seguro, vale a pena entrar em contato com a seguradora. Provavelmente você fez algo errado: ou esqueceu de endereçar, ou escreveu de forma não legível.

Fique atento se você decidiu prolongar sua viagem e prorrogar o seguro. Se você fez uso do seguro para um acontecimento, e for usar novamente na extensão do seguro, para o mesmo evento ou acontecimento, o seguro poderá entender que é pré-existente e poderá não cobrir.

O maior erro que você pode cometer é NÃO ler a apólice do seu seguro viagem antes de usá-lo.
Informe pessoas que estejam viajando com você, sua família hospedeira ou escola que você possui um seguro saúde. Você poderá estar desacordado na hora que precisar.
Como eu disse lá em cima, seguro se faz pra não usar.

links sobre seguros que podem ajudá-lo:
http://www.tudosobreseguros.org.br/sws/portal/pagina.php?l=394
http://blogrumo.com.br/seguro-viagem-pra-serve-como-contratar/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelos seus comentários e considerações. Entraremos em contato em breve.