sexta-feira, 21 de setembro de 2018

O(a) seu(sua) filho(a) adolescente nos EUA (para estudar e morar por um ano) custa o mesmo que no Brasil.

Percebo que muitos pais não tem muita noção sobre custos de intercâmbios, mesmo porque isso não é tão divulgado e decidi esclarecer aqui que não custa um absurdo. Mas, é muito difícil convencer alguém do que estou falando.

Diante disso, decidi fazer um paralelo e usei para isso o que gasto com o meu filho aqui no Brasil. Meu filho tem 15 anos e está no 1º ano do ensino médio em um colégio particular. Ele faz aulas particulares de inglês e por uma questão de saúde pratica natação. Ele vai bem na escola e não gasto com professores particulares, mas já gastei muito com fono. Tem hábitos simples: adora cinema e jogos de computador. Também atormenta a cachorra nas horas vagas.



E o que eu ganho com isso?

- viver em um país estrangeiro, conviver com a família hospedeira ou a comunidade escolar, (no caso das escolas boardings) e também com a sociedade local, experimentar a vida como estudante regular e fazer amigos de diversas nacionalidades produz resultados que vão muito além do aprendizado da língua estrangeira.

- adquirir habilidade para ir e vir de qualquer lugar do mundo, conviver e transitar nas diferentes culturas, compreender perspectivas globais, além do amadurecimento pessoal e do desenvolvimento de autonomia para enfrentar obstáculos da vida cotidiana são alguns dos benefícios dessa experiência única.

O  programa de High School consiste em fazer uma parte do ensino médio em outro país. A nossa lei de Diretrizes e Bases permite a revalidação do tempo estudado no exterior e, desta forma, o aluno consegue aproveitar no Brasil, o tempo estudado no exterior.

Eu costumo dizer que quem faz um ano de ensino médio nos EUA pode viver em qualquer lugar do mundo. Falo isso por se tratar do programa que mais exige do estudante: ele/ela tem que tirar notas na escola, tem que participar da vida da família e seguir regras. E vai entender muita coisa, como por exemplo, como é viver em um país onde as leis funcionam.

Eu poderia escrever mais um tantão aqui sobre os benefícios. A decisão de deixar ir é que é complicada, também sei disso. Acredito que se tiver mais informações do programa se sentirá seguro em tomar esta decisão. E pra isso, sigo a disposição.

Até mais,

Perpétua Devite

terça-feira, 31 de julho de 2018

Não passei no vestibular ...

E então por que você precisa fazer universidade no Brasil se você pode fazer em outro país?



INTERCÂMBIO EM UNIVERSIDADE  - UMKC – KANSAS CITY - MISSOURI

 A UMKC - Universidade do Missouri-Kansas City (www.umkc.edu), uma das Universidades mais conceituadas dos Estados Unidos localiza-se no centro da cidade de Kansas City-MO, oferece um curso completo de inglês com aulas ministradas por professores universitários altamente especializados através do seu departamentos de línguas (http://www.umkc.edu/ali/default-Portuguese.asp)  e após o curso oferece também a oportunidade de frequentar a própria Universidade.

A universidade é classificada como Research Level I (a mais alta classificação em pesquisa), e 92% de seus professores possuem Ph.D. A UMKC possui aproximadamente 16.000 alunos no Campus sendo que 15.000 alunos são nativos americanos e aproximadamente 1000 alunos são estrangeiros.

Oferece mais de 130 tipos diferentes de cursos de graduação e pós-graduação. Você pode consultar os cursos oferecidos pela UMKC no link: http://www.umkc.edu/academics/



Por que estudar na UMKC?
- os estudantes nativos que cursam os outros 135 cursos da universidade convivem com o estudante do curso de inglês, no mesmo campus;

- o estudante do curso de inglês poderá se candidatar e assistir aulas como ouvinte em alguns cursos da universidade. Desta forma, se, por exemplo, está indeciso qual carreira seguir, poderá ter um “aperitivo” de alguns cursos para auxiliar em sua decisão;

- o estudante retorna ao Brasil com um diploma de um curso de inglês de uma universidade americana e isso faz muita diferença;

- o aluno pode cursar a própria universidade e, como ex-aluno do curso de inglês tem vantagens para concorrer a bolsas de estudos. Também, uma vez aluno da universidade, não precisará fazer o TOEFL para ingressar nos cursos universitários;

- Como aluno da universidade, pode utilizar das dependências da UMKC (dormitórios, academia, piscinas oficiais, saunas, bibliotecas, livrarias, restaurantes, lanchonetes, teatros, cinemas, times de basketball, football, voleyball, atletismo, laboratórios de línguas, informática, quadras de esporte, etc.);

- uma carga horária que é muito superior a qualquer outra, com um total de aulas semanais muito acima de outras escolas. Ou seja, passar um semestre letivo estudando inglês na UMKC é como frequentar um curso regular de inglês no Brasil durante 5 anos, em média (veja o exemplo de um calendário de uma semana abaixo);

- poderá frequentar o curso adicional: o preparativo para o exame para o TOEFL - para os estudantes que conseguirem nível 3 ou 4 no exame seletivo da UMKC, a universidade não cobrará o curso TOEFL;

- o estudante embarcará com o visto F-1 (visto para estudante universitário). Este tipo de visto permite que o estudante trabalhe até 4 horas/dia em 5 dias na semana, na própria instituição que lhe concedeu o visto

- é possível fazer programa sanduíche (1 semestre letivo de inglês + 1 semestre letivo de um curso acadêmico na sua área de estudos ou atuação);



Kansas city – a cidade (https://www.visitkc.com/)
Kansas City possui 2 milhões de habitantes e é uma cidade riquíssima. E é linda! É citada e aparece em muitos filmes americanos.  Uma cidade de 2 milhões de habitantes nos EUA é bem maior que uma cidade com a mesma população no Brasil, por vários motivos e um deles é que é tudo muito grande, muito espalhado, com muitos jardins, bosques e etc.
A história da cidade relata que os desbravadores do meio oeste adentraram o território americano, paravam para descansar em Kansas City. E daí nasceu a cidade.
Localiza-se no “coração” dos Estados Unidos, exatamente na divisa entre os estados do Missouri e Kansas, e tem um inglês falado com poucas influências externas: é um inglês falado de boca aberta, correto e bonito de se ouvir Possui um dos custos de vida mais baixos dos Estados Unidos.

Na cidade, você encontrará inúmeras possibilidades de diversão, desde enormes cassinos, discotecas, clubes de jazz, blues, rock, country, museus, shows, concertos, teatros, companhias de balé, óperas, restaurantes de diversos países, cafés, boliches, cinemas, shoppings, campos oficiais de futebol, futebol americano, beisebol, basquetebol e hóquei além de um dos dez maiores zoológicos dos EUA, enfim uma cidade mais do que perfeita para você.
Tem as 4 estações do ano muito bem definidas.
Então, se você optar por janeiro, você chegará lá no meio do inverno. O inverno tem umas temperaturas na média de 0 a -6. Mas tem dias de -20. E as árvores estarão só nos galhos.
Em março/abril; o gelo/neve derrete e começam os brotos e flores e as temperaturas são mais amenas, mas começa a ficar quente. Em final de junho vem o verão com média de temperatura de 40 graus. E em setembro começa o outono e as árvores ficam coloridas novamente.
Não se preocupe com o frio, lá eles tem cobertores elétricos e são super equipados tanto pra frio quanto pro calor. Você somente sentirá desconforto para atravessar a rua e talvez nos primeiros dias.
A universidade fica bem no centro da cidade, na parte da cidade aonde o do estado do Missouri e é próxima a todas as opções de diversão.
Você vai gostar, acredite! Dizem que o Mickey Mouse nasceu em Kansas City. O Walt Disney morava num porão de uma das igrejas de pedra de kansas City. E tinha um rato que ia “visitá-lo” todas as noites. E aí ele começou a escrever a história do Mickey Mouse.
Mais fotos de Kansas City podem ser vistas na sua página oficial do facebook https://www.facebook.com/VisitKC/photos_stream?tab=photos_albums  

Disponível também no dropbox








Opção 2 - Custos, considerando embarque em janeiro/2019 por 16 semanas


O valor da entrada é não reembolsável. O valor parcelado será pago no primeiro dia nos EUA, no cartão de crédito. Cartões de crédito aceitos: Visa, máster e discover. Atualizado em 31/7/2018. Sujeito a alterações sem prévio aviso.
Taxas dos cartões que serão repassadas aos alunos: 2,75%. Este “rate” e cobrado a cada parcela e incide uma única vez sobre o valor passado no cartão de crédito.
Se decidir por cartão, também deverá acrescentar o IOF cobrado pelo governo brasileiro, na ordem de 6,38%.



ACOMODAÇÃO:
UMKC oferece muitas opções de hospedagem, dentro e fora do campus, incluindo casas de família dormitórios do campus e apartamentos fora do campus. As opções de acomodação são: casa de família, campus da universidade e apartamentos no campus ou próximos ao campus.
Veja custos sempre atualizados e formas de pagamento disponíveis em http://www.umkc.edu/ali/housing.asp


OPÇÃO 1: homestay (casa de família)
O UMKC-ALI também oferece opção de hospedagem em casa de família: os estudantes vivem com uma família americana e tem um quarto privado. Os banheiros podem ser privados ou compartilhados.
Custos de casa de família/homestay:
- Casa de família com meia pensão: US$ 800/mês ou
- Casa de família sem refeições = US$ 500/mês
- Deverá ser pago mensalmente diretamente à família hospedeira, no primeiro dia de cada mês.
- Há um $ 51,98 de taxa única de taxa de acomodação não-reembolsável para o programa de homestay.



OPÇÃO 2: dormitórios no campus (Oak Street e Johnson Halls)
UMKC possui, dentro do campus, dois belos dormitórios: Oak Street e Johnson Halls

Johnson Hall:
UMKC's newest residence hall, Johnson Hall, opened in August 2009. Johnson Hall is a place where you'll find private study rooms, community kitchens and social/entertainment lounges on each floor. Johnson Hall is also UMKC's first facility named for an African American. It is just a part of the huge legacy Herman and Dorothy H. Johnson left to Kansas City. Click here to read more about Herman or Dorothy.With space to house 328 students, the four-story residence hall features two wings of semi-suite, double- and single-occupancy rooms connected via a glass-encased corridor. This is definitely a place where you can get to know other students with similar interests and academic goals.
A new housing facility offers a renewed resolve toward enhancing residential life for its students through a true living-learning environment. For instance, the building also features three secured rooms for musical performance practice.



Oak Street Hall:
Opened in August 2004, Oak Street Hall is a place where you'll find study rooms, kitchenettes and social lounges on each floor.
With room for 559 students, there are plenty of opportunities to enjoy the high-tech classroom, music practice rooms and outdoor courtyard. Get the full campus living experience where you can get to know other students with similar interests and academic goals.


Ambos os dormitórios do campus oferecem quartos no estilo suíte, onde os ocupantes de dois quartos partilham um banheiro.
O custo que consta no website foi calculado para 2 semestres (1 ano letivo) e é para uma pessoa num quarto aonde cabem duas pessoas. Cada quarto é bem decorado e inclui conexão à internet e TV a cabo, um pequeno frigorífico e um forno de micro-ondas.
Confira esses links que mostram os valores sempre atualizados e as características dos dormitórios:

Os alunos devem comprar um plano de refeições da universidade quando vivem nos dormitórios, e há muitos planos de refeições diferentes para escolher. Aqui está o link para os diferentes planos UMKC oferece: http://www.umkc.edu/foodservice/mealplans.html

Custos de hospedagem no Campus:
-  Alojamento da Universidade deverá ser pago diretamente a UMKC, no primeiro dia na Universidade, podendo ser parcelado no cartão diretamente na UMKC. O número de parcelas poderá ser parcelado de acordo com o tanto de meses que o aluno ficar fazendo o curso/hospedado.



Opção 3: Apartments (Oak Place Apartments ou Hospital Hill).
A UMKC dispõe de dois condomínios de apartamentos, sendo eles: Oak Place e Hospital Hill.
Oak Place Apartments foram construídos em 2008. É um condomínio de apartamentos em frente a Universidade. Estes estão localizados no belo campus de UMKC (em frente) permitindo aos alunos tirar o máximo proveito da vida no campus. O link a seguir mostra uma lista atual e completa de custos de habitação no campus. http://www.umkc.edu/housing/rates.asp


São apartamentos que tem um, dois e quatro quartos. Cada apartamento possui suítes privadas (quarto e banheiro) para alunos individuais, e os alunos compartilhar cozinha e sala de estar. O custo para o contrato de um ano acadêmico (agosto a maio) pode ser encontrado nos links abaixo. Este preço não inclui refeições.


UMKC-Hospital Hill Apartments já foram concluídas e estão disponíveis para os estudantes da UMKC.
Hospital Hill é onde as classes médicas são realizadas. O ônibus da cidade leva cerca de 10-15 minutos para ir entre campus.

É facultativo aos alunos que residem nos apartamentos adquirir ou não um dos planos de refeições Os alunos podem adquirir qualquer um dos planos de refeição universidade se assim o desejarem.) Siga este link para ver os layouts de apartamentos: Os contratos são para o outono e primavera (um ano letivo). http://www.umkc.edu/housing/apartments.asp

Oak Place Apartments:
Oak Place Apartments were built in 2008 and are designed for UMKC students and students from around the community as well as UMKC staff and faculty. With a combination of apartment styles and various community areas, Oak Place Apartments are an ideal living space for our upper class and graduate students. Apartment Living Assistants provide hands-off support, resources and programming for residents in the apartments, and apartment residents have exclusive access to a number of computer labs throughout the facility. With easy access to campus and retail options like Oak Place Nails in the first floor space, Oak Place Apartments are the place to be to continue your on-campus living experience at UMKC!



Hospital Hill Apartments:
Designed specifically for second-year students and above in the schools of Medicine, Dentistry, Pharmacy, and Nursing and Health Studies, this apartment complex at 25th and Troost is the first student housing on Hospital Hill. This state-of-the-art development houses 243 students in one-, two-, and four-bedroom units. Students have easy, safe access to Hospital Hill via a walkway connecting the housing structure to the campus. Convenient parking adjacent to each unit, along with a bus stop, bike racks and a lighted walkway leading to a neighboring park, make this a wonderful place for UMKC’s Health Sciences students to call home.

Outras opções de acomodação, acesse http://www.umkc.edu/housing/
Veja custos e forma de pagamento em http://www.umkc.edu/ali/housing.asp
Preços das demais opções de acomodação: http://www.umkc.edu/housing/rates.asp#
Universidade: www.umkc.edu
Departamento de línguas da universidade: www.umkc.edu/ali

Atenção: a universidade se reserva o direito de modificar preços e condições de pagamento, por isso é importante sempre checar no site se não houve alterações.


Depoimento:
Posso te dizer que vir para Kansas City foi a melhor decisão da minha vida.
Após completar o curso de inglês, consegui uma bolsa de estudos através do
instituto de línguas da faculdade, e decidi me matricular na faculdade no
curso de financias.
Minha graduação foi agora em Maio, e tive 4 anos maravilhosos aqui na UMKCe
em Kansas City.  A cidade é ótima, com custo de vida baixíssimo quando comparada com NY,
MIami, ou California. O inglês não tem influência estrangeira por estarmos no mid west.
Conheci pessoas do mundo todo e nos tornamos grande amigos!
Até breve,
Felipe Litran

Peça maiores informações aqui:
http://fyi-intercambios.com.br/contato/

Mais fotos aqui: https://www.facebook.com/pg/FYI.GENTE/photos/?ref=page_internal




domingo, 15 de julho de 2018

FYi - Intercâmbios: Regras de estudos combinados com trabalho no exter...

FYi - Intercâmbios: Regras de estudos combinados com trabalho no exter...: Combinar o estudo do idioma ao trabalho é uma experiência única e valiosa. Além de receber salário que ajuda a custear o seu intercâm...

Regras de estudos combinados com trabalho no exterior




Combinar o estudo do idioma ao trabalho é uma experiência única e valiosa. Além de receber salário que ajuda a custear o seu intercâmbio, a vivência do trabalho permite uma total imersão no idioma e cultura do país, tornando o desenvolvimento da proficiência da língua muito mais rápido e eficaz. Sem contar o grande benefício de incluir no currículo uma experiência de trabalho no exterior. E mais: é possível combinar o estudo do idioma a um curso profissionalizante, obtendo assim duas certificações. Conheça os países onde estão disponíveis essas oportunidades imperdíveis:

Estados Unidos:
Requisitos para trabalhar: o visto de estudante universitário F-1 (com documento I-20 emitido por uma universidade americana) permite que o estudante trabalhe no próprio campus até 20 horas por semana.
A partir do segundo ano de visto, é possível trabalhar fora do campus, desde que autorizado pela universidade.
Visto: Visto de estudante F-1
Nível mínimo de inglês não há exigência de conhecimento prévio


Nova Zelândia:
Requisitos para trabalhar: Cursar no mínimo 14 semanas de curso de idiomas
Visto: Visto de estudante
Nível mínimo de inglês não há exigência de conhecimento prévio
Durante o período de estudo é possível trabalhar por até 20 horas semanais.


Austrália
Requisitos para trabalhar: Cursar no mínimo 14 semanas de curso de idiomas ou profissionalizante Visto: Visto de estudante
Nível mínimo de inglês: Para curso de idiomas não há exigência de conhecimento prévio e, para cursos profissionalizantes, nível intermediário.
Duração do programa: 14 semanas no mínimo
Carga horária: Durante o período de estudo é possível trabalhar por até 20 horas semanais.



Canadá
Requisitos para trabalhar: Cursar no mínimo 26 semanas de curso profissionalizante
Visto: Visto de estudante com permissão para trabalho
Nível mínimo de inglês: avançado
Duração do programa: 26 semanas no mínimo



Irlanda
Requisitos para trabalhar: Cursar no mínimo 25 semanas de curso de idiomas
Visto: Não há exigência de visto para sair do Brasil mas, ao chegar na Irlanda, o estudante terá o prazo de 4 semanas para completar o seu registro junto ao departamento de imigração.
Nível mínimo de inglês: Para curso de idiomas não há exigência de conhecimento prévio
Duração do programa: 25 semanas no mínimo Durante o período de estudo é possível trabalhar por até 20 horas semanais e, durante o período de férias, até 40 horas semanais.


Malta
Requisitos para trabalhar: Cursar mais de 12 semanas de curso de idiomas.  Os alunos poderão trabalhar à partir da 13ª semana de curso, desde que sejam contratados por uma empresa local que comprove que não encontrou nenhum cidadão europeu para o cargo.  
Visto: Até 90 dias (12 semanas) não é necessário visto. No entanto, ao chegar em Malta, o estudante terá que providenciar o visto e não pode demorar mais que 3 semanas para este procedimento.
Nível mínimo de inglês: Para curso de idiomas não há exigência de conhecimento prévio
Duração do programa: mais de 12 semanas. Durante o período de estudo é possível trabalhar por até 20 horas semanais e, durante o período de férias, até 40 horas semanais.

Obs.: A possibilidade de estudar e trabalhar em Malta existe, mas não é tão viável quanto em outros países como a Irlanda, a Austrália e Nova Zelândia.


Atenção:

O trabalho deverá ser arranjado pelo próprio estudante.

Algumas instituições de ensino até oferecem algum suporte para o estudante, mas não tem a obrigação de arranjar os empregos/trabalhos.